segunda-feira, 30 de maio de 2011

Bolinho de arroz


Sou doida por bolinho de arroz. Lembra meu pai e uma cervejinha. Adoro! Faço pouco, mas garanto que preciso mudar isso... Ou não... Afinal, friturinhas não devem ser consumidas sempre, mas quando consumo... Não há culpa nenhuma. A receita é meio que de conhecimento geral e similar em vários sites que dei uma olhada. Aqui vai como fiz:

Ingredientes:
2 xícaras de chá de arroz cozido
1/2 xícara de chá de leite
2 ovos
1/2 xícara de chá de queijo ralado
2 colheres de sopa de farinha de trigo
quanto baste de salsinha, cebolinha e ervas a gosto
quanto baste de sal

Modo de fazer
Bata todos os ingredientes no liquidificador, exceto a farinha. Despeje o conteúdo numa tigela, acrescente a farinha. Com a ajuda de uma colher faça seus bolinhos e vá jogando no óleo quente.
Eu vou montando as bolinhas enquanto frito. Fique de olho para o óleo não esquentar demais é bom sempre ir regulando (aumentando ou diminuindo conforme necessário).
Delícia! 

Eu gosto mais torradinho, mas você pode deixar menos tempo no óleo!



quinta-feira, 19 de maio de 2011

Almoço Mexicano

Esse almoço eu e Ricardo preparamos um dia que meu irmão e minha cunhada vieram almoçar aqui. Eles, claro, trouxeram minha sobrinha linda, que ainda é muito pequenina para provas essas delícias. Vou postar as fotos, pois, nenhuma receita aqui é original. Tudo retirado de sites da internet! Se alguém precisar de alguma dica... só pedir!

Preparamos o tradicional taco. Meu irmão trouxe as massas já prontas (não me arrisquei a prepará-las) e servimos com carne moída, queijo mussarela picado, tomate picado, alface picada, azeitonas e cream cheese (o ideal é creme azedo, mas Ricardo não gosta). Também preparamos guacamole e Ricardo caprichou no chilli com carne (que meu irmãoe  cunhada adoraram!).



sábado, 14 de maio de 2011

Folhado com creme de salmão e alho poró


Essa receita surgiu da sobra de salmão de nossa outra receita postada aqui. Tínhamos congelado e, na semana seguinte, Ricardo teve a ideia de fazer esse salmão com massa folhada. Não tenho habilidades para preparar massa folhada em casa, então costumo comprar da Massaleve que acho bem saborosa. Pensamos o que poderia ir junto com o salmão? Pensamos que poderia ficar muito bom com alho poró e o resultado foi mais que perfeito... Ficou muito, muito bom... Logo repetirei a receita, pois vale a pena!!!

Ingredientes:
- Quatro postas de salmão
- Dois talos de alhos de poró cortados em rodela
- Ervas a gosto
- Meio pote de requeijão
- 100 gramas de creme de leite
- Massa folhada
- Caldo knorr de legumes
- Gema de ovo para pincelar


Modo de fazer:
Refogue o alho poró até amolecer. Depois acrescente o salmão e mexa até que ele comece a se despedaçar. Não pare de mexer. Acrescente água até cobrir esse refogado, dissolva o caldo knorr e vá mexendo. Quando secar (o salmão já deve estar cozido nesse momento), coloque o requeijão e deixe derreter um pouco, depois complete com o creme de leite.
É preciso trabalhar essa massa com cuidado, pois ela é bem molenga. Se achar necessário, unte a forma com manteiga ou azeite (não precisei fazer isso). Coloque uma das massas sobre a forma e recheie, depois cubra com outra massa e feche bem as pontas. Depois que montar todos, pincele com uma gema.
Leve para assar em forno pré-aquecido (180 graus) até que a massa esteja dourada – não marquei o tempo, mas acho que deu cerca de 40 minutos. 
Servi com salada verde e vinho branco.


Passo-a-passo (algumas imagens)


Refogando o alho poró
Colocando o salmão



Com requeijão e creme de leite

Montados os folhados



Palmier

Navegando por sites e blogues de culinária achei esse biscoito, o palmier. É aquele biscoitinho de massa folhada e açúcar. Lembrou-me infância e minha mãe e um chá da tarde. Aproveitei a ida ao mercado e comprei a massa folhada. Algo fácil de se fazer e fica uma delícia.... Impossível parar de comer.
Mudei duas coisinhas... acredito que o ideal é que seja feito com açúcar cristal, porém esqueci de comprar, então usei o refinado mesmo. Não teve erro. Além disso, eu adicionei mel.
Rendeu cerca de 30 biscotinhos.

Ingredientes:   
Massa folhada
Açúcar cristal ou refinado
Mel (opcional)

Modo de fazer:
Deixe a massa descongelar por cerca de 30 minutos, abra-a sem remover de baixo o plástico que a envolve.
Polvilhe açúcar até cobrir a massa toda, depois enrole das pontas até o centro (tem fotos abaixo).
Envolva no plástico e deixe no congelador por cerca de uma hora. Isso é importante, pois a massa precisa ser cortada bem fininha (cerca de um centímetro). Tire do congelador, retire o plástico e corte a massa. Faça com cuidado para não desenrolar. 
Há pessoas que não deixam a massa gelando... como não tenho muito jeito para essas coisas mais "delicadas", optei por deixar no congelador.
Eu não precisei untar a forma ou colocar papel manteiga, alguns sites indicam isso. Os meus não grudaram.
Derreta um pouco de mel e pincelei sobre os biscoitos. Leve para assar em forno pré-aquecido (200 graus) por 15 minutos (fique de olho para que não queimem), vire-os e deixe por cerca de 10 minutos.
Já estão aqui... prontinhos para tomar com um chazinho!





Massa coberta com açúcar
Enrolando das pontas ao centro


Biscoito pincelado com mel antes de ir ao forno



domingo, 8 de maio de 2011

Panqueca de carne com molho de queijo


Essa panqueca foi apenas a mistura de duas receitas já postadas aqui. Como em um final de semana tínhamos comido molho de tomate e, ao mesmo tempo, bateu a vontade de uma panqueca, fizemos a panqueca com molho de queijo.
Ficou uma delícia ainda mais porque, para mim, panqueca era sempre com molho de tomate! Foi bom mudar!
A receita da panqueca você encontra no “Panqueca de cream com carne moída” e adicionei o molho mostrado nessa receita aqui.
Boa panquecada!!!




 

sábado, 7 de maio de 2011

Sanduíche rápido de atum


Esse sanduíche não tem segredo para ninguém e é de conhecimento de todos. Apenas uma dica para aqueles dias que não se sabe muito bem o que comer.

Ingredientes:
- uma lata de atum
- meio tomate picado
- quanto baste de cebola picada
- meia cenoura ralada
- quanto baste de orégano
- azeite
- duas colheres de sopa de requeijão (pode ser susbtituído por maionese)

Modo de fazer:
Misture todos os ingredientes, adicionando o requeijão por último. Eu coloco o azeite, pois o atum que uso não é com óleo.
Coloque tudo no pão  e pronto! Eu ainda completei com folhas de alface e agrião.




segunda-feira, 2 de maio de 2011

Bolo de laranja


Esse é daqueles bolos simples que nem parece ser feito no liquidificador. O melhor é que se aproveita tudo, pois é feito com as cascas da laranja. Sim, casca. A receita eu achei na internet e estou sem o site de que foi retirado. Fiz apenas uma mudança na receita original.

Ingredientes da massa:
2 laranjas
1 xícara (chá) de óleo de canola (ou óleo de milho)
2 ovos
2 xícaras (chá) de farinha de trigo
2 xícaras (chá) de açúcar
2 colheres (chá) de fermento em pó
manteiga e farinha de trigo para untar e polvilhar

Ingredientes da calda:
suco de 1 laranja
1/2 xícara (chá) de açúcar

Modo de Preparo (calda):
Numa panela pequena, coloque o suco de laranja e o açúcar e leve ao fogo médio. Quando ferver, conte 2 minutos e desligue o fogo. Reserve.

Modo de Preparo (bolo):
1. Pré-aqueça o forno a 180°C (temperatura média). Unte uma assadeira retangular (ou redonda) com manteiga e polvilhe com farinha.

2. Com uma faca, corte e descarte as pontas das laranjas. Divida as frutas em quatro partes, no sentido do comprimento. Retire o miolo branco e pique cada gomo em pedaços médios.

3. No liquidificador, bata o óleo, os ovos e os pedaços de laranja até obter uma mistura homogênea.

4. Numa tigela grande, misture a farinha, o açúcar e o fermento em pó. Adicione o creme de ovos com laranja aos poucos, misturando delicadamente com uma colher de pau até a massa ficar bem homogênea. (Nessa parte eu vou adicionando o creme aos poucos. Depois que tudo estiver bem misturado eu acrescento o suco de meia laranja).

5. Transfira a massa do bolo para a farma untada e leve ao forno pré-aquecido para assar por cerca de 45 minutos. Para verificar o ponto do bolo, espete um palito na massa. Se sair limpo, está pronto. Retire o bolo do forno e passe uma faca de ponta arredondada nas bordas. Deixe esfriar sobre o fogão por aproximadamente 30 minutos, ou até que fique morno, e desenforme. Regue com a calda quente (opcional).

 

Receitinha fácil, sem erro e que fica uma delícia. É o bolo preferido da minha cunhada! Fiz para ela de aniversário!

 

 

Ocorreu um erro neste gadget